quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Nossa poetisa .


Nossa escola tem uma pessoa muito especial. Chama-se Zeneide de Oliveira Mota. Tem um talento especial para declamar poesias "de cabeça". Nos momentos de confraternização, ficamos na expectativa para termos o prazer de vê-la declamando. Nesses momentos, a escola silencia para que os ecos da poesia fluam. É um momento mágico!. Zeneide, você é de um valor inestimável para todos nós!!!

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Projetos que nossa escola desenvolve:

*Lendo, Vendo e Fazendo Arte (leitura)
*Passeando pelo Folclore (Cultura Popular)
*Conhecer para Preservar (Meio Ambiente)
*Encontro de Gerações (Idosos - Avós da Escola)
*Palavras Pequenas Construindo a Cidadania (Jornal Escolar)
A partir destes projetos, os professores têm liberdade de desenvolver as atividades que desejarem de acordo com as possibilidades de seus alunos. Além dos projetos acima citados, também desenvolvelos os projetos que são encaminhados pela SME, como o projeto de trabalho direcionado para a MARCO, ou outros que surgem durante o ano letivo.

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Projeto "Encontro de Gerações"



O Projeto Encontro de Gerações tem como objetivo valorizar os avós dos alunos, mediante a realização de oficinas, onde professores, alunos e outras pessoas possam usufruir da grande experiência que as pessoas da terceira idade têm. É sempre um momento muito rico para todos que participam. Ver a alegria que os nossos avós sentem por estarem participando desses momentos é algo muito estimulante!

quarta-feira, 7 de novembro de 2007


Em 2007 nossa escola realizou a eleição para escolher os novos membros do Conselho Escolar. A eleição seguiu as orientações contidas no Estatuto do Conselho Escolar, ou seja, por voto direto e secreto. As aulas ocorreram tranquilamente enquanto as pessoas escolhiam seus representantes.

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

JORNAL A
Atenção
Aprendizagem
Ação

Jornal dos alunos da E. M. Henrique Castriciano Ano I – Nº 1 – Outubro 2007

EDITORIAL
Olá, pessoal!
É com muita alegria que estamos lançando, em fase de experiência, o 1º exemplar do Jornal Escolar da E. M. Henrique Castriciano, com o objetivo de transmitir informações sobre nossa escola e assuntos de interesse geral. Estamos prontos para receber sugestões para a próxima edição. Boa leitura!


Alunos do 5º ano, matutino, professora Deuza, denunciam: “O lixo domina a praia!”
“O lixo está dominando toda a praia. A população está muito preocupada porque água limpa já era. Agora é só poluição. Há muito, especialistas em preservação ambiental vêm alertando a população sobre as inúmeras causas que levam ao desequilíbrio da natureza. Desmatamentos, queimadas, emissão de gases poluentes, uso indevido da tecnologia, etc, são apenas algumas dessas causas. Com a praia não está sendo diferente. A população reclama e não faz nada. Ela que mais usa a praia não deixa de jogar na água e na areia restos de comida, garrafas, cocos, palitos de picolé, sacos de pipoca e de lixo, canudos, fraldas descartáveis... E não adianta ter pessoas – garis – para fazer a limpeza. Eles limpam, catam o lixo, mas tem sempre alguém pronto para sujar novamente. É preciso ter educação para saber que temos o direito à praia limpa, mas que temos também a obrigação de contribuir individualmente para que isso aconteça”.

Fique por dentro:
Você sabia que a partir da Constituição de 1988, a proteção do meio ambiente ganhou identidade própria, definindo os fundamentos da proteção ambiental? A nova Constituição despertou a consciência da necessidade da convivência harmoniosa com a natureza. Um dos princípios mais importantes é o “Princípio da Reparação” – art.225, §3º - que diz: “as condutas e atividades consideradas lesivas ao meio ambiente sujeitarão os infratores, pessoas físicas e jurídicas, à sanções penais e administrativas independente da obrigação de reparar os danos causados”. Nesse caso a pessoa física ou jurídica poderá ser condenada a:
- pagar importância em dinheiro,
- cumprir obrigação em fazer ou não fazer.



Divirta-se
Dicas Culturais
Vídeos ► A Comunidade e o Rio / ► Desenho: Irmão Urso I
Livros ☺ O Caminho para o Vale Perdido – Fundação Victor Civita
☺ Pequeno Pode Tudo – Editora Moderna
Site: http://www.planetasustentavel.com.br/


Recadinhos Urgentes:
“O bem do planeta Terra está em nossas mãos”.
“Basta! Nosso Planeta está sofrendo, a Terra pede socorro!”
De na Escola:
“Na minha escola os alunos precisam ter mais cuidado com a limpeza. Muitos alunos jogam lixo no chão da escola. Acho isso muito feio. Deveria ter uma reunião para falar somente sobre a limpeza. Os alunos têm que ser disciplinados e mais educados: não jogar lixo no chão, nem aqui, nem na rua, nem em nenhum lugar. A educação começa dentro de casa. Os pais também precisam educar seus filhos para zelarem pela escola. A diretora fica falando para que todos colaborem, jogando o lixo nos cestos distribuídos nas salas de aula e no pátio. Mas alguns alunos não obedecem. Eu fico prestando atenção, pois eu queria poder ajudar mais. E eu tento! Faço a minha parte. Jogo o lixo no lugar adequado”.


PROGESA em ação:
O PROGESA está atuando em nossa escola há 2 anos. O monitor deste ano é o professor Clécio, que vem incentivando a participação de todos nas ações que estão mudando o nosso ambiente:
Realização de pesquisas escolares relacionadas ao estudo do meio ambiente.
Mutirão de limpeza na praia.
Cultivo de uma pequena horta.
Observação do ambiente ao redor da escola.
Oficina de puff com garrafas pet.
Gincana coletiva (coleta de material reciclável).
É isso aí Clécio! Valeu!
Ismara Galdino – 5º ano vespertino – Profº Luiz Carlos
Cante Comigo ♫
O Grande Navio – Bia Bedran
Nada pode ser mais sujo
Do que o pensamento de certas cabeças
Que vivem poluindo o mundo
Usando o poder totalmente às avessas!
Em vez de juntar melodias
Criando a harmonia maior do planeta
Queimam a inteligência, usando a ciência
Para o mundo acabar...
Nada pode ser mais sujo
Do que o pensamento de certas cabeças
Que vivem poluindo o mundo
Sem nem se importar, com o que aconteça...
E o fim das florestas, é o ar de fumaça e as águas escuras demais...
O homem que mata o homem,
É o mesmo que mata outros animais.
Somos navegantes de um navio só.
A viagem pode ser melhor
Se a gente acordar a tempo
De olhar ao redor e pra dentro...
Pra saber que o dinheiro não compra
O que o sentimento guardou só pra dar!
A natureza chorando avisa que o mal que se faz sobre a Terra
Assim como falou um índio, recai certamente sobre os filhos dela.
E é o tempo correndo apressado, gritando cuidado,
E chamando vocês...
Pra refazer a história, porque senão
Ela “era uma vez”...
(CD Fazer Um Bem)

Declaração Universal dos Direitos dos Animais
(Proclamada em assembléia da Unesco, em Bruxelas – 27/011978
São 14 artigos de Lei, citaremos alguns:
Art.1 Todos os animais nascem iguais diante da vida, e tem o mesmo direito à existência.
Art 2. Cada animal tem direito ao respeito.
O homem, enquanto espécie animal, não pode atribuir-se o direito de examinar os outros animais, ou explorá-los, violando esse direito. Ele tem o dever de controlar a sua consciência a serviço de outros animais.
Cada animal tem direito a consideração, a cura e a proteção do homem.
Art. 3. Nenhum animal será submetido a maus tratos e a atos cruéis.
Se a morte de um animal é necessária, ela deve ser instantânea, sem dor ou angústia.
Art. 4. Cada animal que pertence a uma espécie selvagem tem direito de viver livre no seu ambiente natural terrestre, aéreo ou aquático, e tem o direito de reproduzir-se.
A privação da liberdade, ainda que para fins educativos, é contraria a este direito.
Art. 5. Cada animal pertencente a uma espécie, que vive habitualmente no ambiente do homem, tem o direito de viver e crescer segundo o ritmo e as condições de vida e de liberdade que são próprias de sua espécie.
Toda modificação imposta pelo homem para fins mercantis é contrária a esse direito.
Art. 6. Cada animal que o homem escolher como companheiro tem direito de uma duração de vida conforme sua longevidade natural.
O abandono de uma animal é um ato cruel e degradante.
Fonte: www.geocities.com/salve_animais/